Óscar Górriz

Residencia de Fotografia Artística Analógica

Esta experiência artística será o caminho de investigação por um lado no âmbito plástico da fotografia mediante o estudo e reinterpretação da realidade e materialidade e no âmbito social, na experimentação de um olhar expressionista, de pensamento naturalista, deslocalizado e aspiração descolonial sobre o território.

É a vontade de oferecer um retrato que supere a visão social ou documental e que penetre no corpo, na erotica plastica inimitável , mais do que olhar pode perceber.
Cultura como presença e uso.
O limite fica marcado pelos limites do território , a experimentação compreenderá como territórios outros planos ou geografias não bidimensionais nem figurativas.

No plano material, será a intenção de dar alimento para a memoria colectiva.

A digitalização permanente do nosso mundo, que coloca a questão :
– Haverá dentro de 100 anos livros impressos que falem das pessoas, das cidades e das culturas de hoje ?

Oscar Gorriz – 2018